Agentes de combate a endemias de Barra Mansa recebem capacitação para combate a arbovirores

Treinamento está sendo ministrado pelo Governo do Estado e tem duração de 10 dias

A Secretaria Estadual de Saúde está realizando em Barra Mansa a capacitação de agentes comunitários de endemia para o combate as arbovirores, como a Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya.  O treinamento acontece durante 10 dias, de 8 às 16 horas, na sede da Vigilância em Saúde, no bairro Boa Sorte, e no UBM (Centro Universitário de Barra Mansa), seguindo todos os protocolos sanitários em função da Covid-19.

De acordo com o coordenador da Vigilância em Saúde, Antônio Marcos Rodrigues, o intuito é qualificar os agentes tanto para atuar na verificação de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, quanto na mobilização da sociedade. “Nosso grande desafio é envolver as pessoas no combate a essas doenças, que tem foco principalmente nos quintais e no interior das residências por meio dos recipientes que possibilitam o acúmulo de água parada. Por isso, os 10 minutos de prevenção semanal é tão importante de ser relembrado e colocado em prática”.

Ainda segundo Antônio Marcos, o Curso Básico em Vigilância e Controle das Arboviroses tem como objetivo desenvolver e aprofundar conhecimentos e habilidades para a identificação e o enfrentamento às doenças causadas por arbovírus, ou seja, aquelas transmitidas por insetos.

O treinamento engloba atividades teóricas e de ensino-aprendizagem em ambiente de trabalho, incluindo a aplicação de inseticidas. Os agentes de combate a endemias têm entre outras atribuições, a vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para buscar focos endêmicos, além da inspeção cuidadosa de caixas d’água, calhas e telhados e a realização de orientações quanto à prevenção e ao tratamento de doenças infecciosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: