Drable lidera bloco para discutir novo modelo de concessão para Via Dutra

Prefeito se reúne com o subsecretário Estadual de Transportes para traçar ações que possam aperfeiçoar novo modelo de concessão e beneficiar municípios e usuários da mais importante rodovia da América Latina    

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, iniciou uma campanha ao lado prefeitos de 15 cidades do Estado, deputados estaduais, federais e lideranças políticas e empresariais para pleitear junto ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre), ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e Governo Federal que o novo modelo de concessão da Rodovia Presidente Dutra atenda uma série demandas, que até hoje não foram executadas pela CCR Nova Dutra, atual concessionária.  Na última quinta-feira, dia 20, o prefeito se reuniu com o subsecretário Estadual de Transportes, Delmo Pinho e o secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Adilson Rezende, para debater as necessidades de melhorias na qualidade dos serviços que vêm sendo prestado na rodovia Presidente Dutra.

O município de Barra Mansa tem o segundo maior trecho da Presidente Dutra e de acordo com o prefeito, Rodrigo Drable, que lidera o bloco de prefeitos para tratar a situação, fazer esses levantamentos é necessário, pois é preciso pensar em mudanças e investimentos na rodovia. “Precisamos de melhorias na qualidade do serviço que vem sendo prestado pela atual concessionária, para permitir o desenvolvimento do estado, principalmente aqui na nossa região. Barra Mansa é afetada diretamente pela péssima qualidade do serviço, pagamos caro para ficarmos engarrafados e isso não está correto”, garantiu o prefeito Rodrigo Drable.

Números do Governo do Estado apontam um faturamento anual de R$ 1,2 bilhão da CCR Nova Dutra, operando as praças de pedágio entre os 402 quilômetros. Ao longo da rodovia residem mais de 23 milhões de pessoas, nas 35 cidades em que a via corta. Atualmente, 890 mil viagens são realizadas por dia, entre entrada e saída de veículos na rodovia.

Com a proposta de uma nova licitação de concessão para a Via Dutra, que liga 35 cidades dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo e atualmente é administrada pela CCR Nova Dutra, a reunião apresentou sugestões a serem incorporadas na nova concessão e discutiu a possibilidade de reunir os prefeitos das 15 cidades do estado do Rio de Janeiro que são cortadas pela rodovia. “Estamos falando de algo suprapartidário para o Estado do Rio de Janeiro. É preciso trabalhar a segurança e a economia do estado e a Dutra é de extrema importância. A minha grande preocupação é com a economia que está quebrada e dificilmente será possível voltar ao patamar de quatro anos atrás, porque muitas empresas industriais e de serviços estão se retirando do Rio de Janeiro e isso é aterrorizante”, afirmou Delmo Pinho.

 

Dutra concentra 50% do PIB nacional

A Rodovia Presidente Dutra possui 402 quilômetros de extensão por onde circulam 50% do PIB (Produto Interno Bruto), que além de ligar as duas metrópoles nacionais, a estrada atravessa uma das regiões mais ricas do país, o Vale do Paraíba e é considerada a rodovia mais importante da América Latina e a principal ligação entre o Nordeste e o Sul do Brasil. Inaugurada em 1951, a Dutra substituiu a antiga estrada Rio-São Paulo, construída em 1928. A partir de 1996, com o Programa de Concessões e Rodovias Federais, a CCR assumiu a administração da rodovia.

O prefeito destacou que a concessionária não cumpre com o que previa no contrato de concessão. “O contrato que a CCR Nova Dutra assinou há 20 anos não foi cumprido, pois a administradora não atende aquilo que se propôs quando assinou a concessão e o serviço prestado não é digno para permitir o desenvolvimento da rodovia. A Via Dutra não tem suporte para iluminação, a estrada não tem nenhuma modernização e não possuí estrutura de tráfego e passagens e precisamos urgentemente encontrar melhorias para essa realidade”, finalizou Rodrigo Drable.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: