EM SUA 6ª EDIÇÃO, “RESENDE CIDADÔ CHEGA À BAIXADA OLARIA NESTE SÁBADO, DIA 17

Evento dará ênfase às políticas para mulheres em situação de violência, pelo mês de aniversário da lei Maria da Penha

A Prefeitura de Resende realizará no próximo sábado, dia 17, mais uma edição do evento que visa estimular o exercício da cidadania nas comunidades em situação de vulnerabilidade social ou com dificuldade de acesso a bens e serviços públicos. O “Resende Cidadã”, promovido pela Diretoria de Direitos Humanos, frente ligada à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, chega ao Ginásio Esportivo da Baixada Olaria das 9h às 12h, levando diversos serviços e atrações, como o projeto “Árvore do Saber”, da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda.

De acordo com a diretora de Direitos Humanos, Emanuele Dalpra, esta edição do evento terá uma importante referência com o mês de aniversário da Lei Maria da Penha. O evento, segundo ela, conta com uma integração fundamental com outras frentes da Prefeitura. A programação inclui serviços de saúde, odontologia, ouvidoria, assistência social, trabalho e renda, educação e profissionalização, orientações jurídicas e de direitos e atividades de cultura e lazer.

 – Além dos serviços já disponibilizados em todas as outras edições, nesta daremos maior ênfase às políticas para mulheres em situação de violência, dado o mês de aniversário da lei Maria da Penha. Portanto, os profissionais estarão aguardando para tratar de quaisquer assuntos relacionados ao tema. Esperamos que a população tire o maior proveito possível do evento – explica a diretora.

O cronograma desta edição prevê uma roda de capoeira com o grupo Raiz Negra, às 10h30. Às 11h, também haverá uma apresentação de Baile Black Charme. Além disso, os participantes poderão obter orientação jurídica fornecida pelo Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da Faculdade Estácio de Sá, além de equipe contar com uma equipe pedagógica para informações. Como atrações culturais, o evento contará com a “Árvore do Saber”, da FCCMM, e o “Brincando no Praça”, desenvolvido pela ONG Ser Criança.

Vale lembrar que no ‘Resende Cidadã’ estarão envolvidos os seguintes órgãos e serviços municipais: CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) Itinerante; Ouvidoria; Niam (Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher); Coordenadoria da Mulher; SEAS (Serviço Especializado de Abordagem Social); Centro Pop (Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua); CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social); e Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Outras Drogas (CAPS ad).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: