Escola de Governo e Gestão de Volta Redonda encerra curso sobre construção de Políticas Públicas

Aulas foram finalizadas com apresentação de trabalhos e presença do prefeito Samuca Silva

Cinco trabalhos foram apresentados no encerramento do curso ‘Como deixar um legado para a Cidade, através das Políticas Públicas?’, oferecido pela Escola de Governo e Gestão da prefeitura de Volta Redonda. A apresentação dos projetos finais aconteceu nesta quarta-feira, dia 9, com a presença do prefeito Samuca Silva, que fez a entrega dos certificados.

Os alunos trabalharam o planejamento de cinco políticas públicas, de acordo com a realidade do município, nas seguintes áreas: Habitação de Interesse Social, Saúde Mental, Diversidade Sexual e de Gênero, Resíduos Sólidos, População em Situação de Rua.

“Foram cinco trabalhos que levantaram as dificuldades, soluções e o que já é oferecido pelo poder público, além de planejamento de ações. Os alunos mostraram uma visão diferenciada sobre as políticas públicas que estão em construção na cidade”, disse o prefeito, que fez considerações a respeito dos projetos.

O curso teve duração de cinco dias e reuniu servidores públicos de diversos setores para aprenderem sobre os conceitos e tipos de políticas públicas, os fundamentos delas (patrimonialismo, burocracia, gerencialismo e gestão social), as fases de agenda, elaboração, implementação e avaliação.

O assessor da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Silvio Vilela, disse que a experiência foi ótima. “Foi interessante ver pessoas de setores diferentes se propondo a construir algo novo, que não tem ligação direta com o nosso trabalho. Isso exigiu muito dos grupos e acrescentou muito conhecimento”.

De acordo com a chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão, e uma das responsáveis pelo curso, Bárbara Cunha, o estudo teve foco nos servidores que já realizam projetos em suas áreas profissionais.

“A intenção era dar esse olhar intersetorial. Resgatamos alguns conceitos e demos um trabalho final, tentando manter os grupos trabalhando em áreas que eles não estão acostumados para que eles possam ter uma visão diferenciada das coisas”, contou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: