Hospital de Itatiaia utiliza equipamento de ponta para impressão de exames de Raio X

Os pacientes que necessitam do serviço de radiografia, no Hospital Municipal Dr. Manoel Martins Barros, agora contam com uma tecnologia de ponta para o auxílio da avaliação médica em suas anomalias. Com o novo aparelho de radiologia em impressão digital é possível fazer o registro em filme radiológico, papel couchê ou até mesmo em papel A4.

O procedimento utiliza a técnica de revelação a seco, sem a necessidade de manipulação química, que além de gerar economia e proteger a saúde dos operadores, gera outra significativa melhoria ao meio ambiente pela ausência de descarte de produtos químicos utilizados para fazer a revelação, que muitas das vezes, em um exame tradicional, podem ser despejados na natureza de forma irregular.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o novo sistema de revelação digital facita e agiliza o trabalho técnico dos profissionais que atuam no atendimento da radiografia. Para o supervisor das aplicações técnicas radiológicas do hospital, Antônio Pacheco, esse é um grande avanço no tratamento de pacientes do município.

– Não temos demanda reprimida de atendimento. Após fazer a radiografia, o capturador de imagens do equipamento transmite esse registro para a impressora em menos de 8 minutos. Caso o médico tenha pedido, por exemplo, uma série de radiografias de diferentes partes do corpo, essas imagens poderão ser montadas pelo técnico em radiologia e impressas em cerca de 5 segundos. Essa rapidez pode salvar vidas. – explica.

Ainda de acordo com o supervisor, o município de Itatiaia tem o mais moderno equipamento da região Sul Fluminense, com recursos tecnológicos que tornam também possível a realização de ajustes de cores e dimensão, para uma melhor precisão na avaliação médica.

Todos os exames e especificações de cada paciente são armazenados em um banco de dados virtual na nuvem, procedimento em que as informações ficam disponíveis para consulta em tempo real e que não necessitam de espaço físico para manutenção.

A aquisição do bem se deu por meio de emenda parlamentar, processo de nº1129/16, e a verba de investimento que o Ministério da Saúde destinou para o fundo Municipal de Saúde foi de R$ 95.599,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: