Pavimentação: Prefeitura investe quase R$ 1,3 milhão na recuperação asfáltica

Serviços como tapa-buraco e recapeamento teve início esta semana e atingirão 11 bairros de Quatis.

A Prefeitura de Quatis iniciou na última terça-feira, dia 21, o serviço de recuperação asfáltica de várias ruas da área urbana de Quatis. Serão dois serviços, tapa-buracos e recapeamento, que juntos somam quase R$ 1,3 milhão de investimentos aplicados na melhoria da pavimentação da cidade com recursos próprios da Prefeitura

Segundo o planejamento elaborado pela Secretaria Municipal de Obras, passarão por serviços de recapeamento as ruas: Pedro Monteiro (Bairro Pilotos), Geraldo Delgado (Loteamento Boa Vista), Carlos Haasis (Jardim Pollastri) e major José Isidro (Centro). Nessa etapa os investimentos se aproximam dos R$ 860 mil.

Já a nova fase da operação tapa-buraco vai atender 37 ruas de 11 bairros da área urbana, das seguintes comunidades: Centro, São Benedito, Nossa Senhora do Rosário, Loteamento Boa Vista, Santo Antônio, Jardim Independência, Loteamento Santa Bárbara, Mirandópolis, Jardim Pollastri, Pilotos e Bondarovsky. Serão investidos pouco mais de R$ 390 mil na realização deste serviço.

O prefeito Bruno de Souza esclarece que a ordem de serviço para estas duas obras já havia sido assinada em fevereiro mas devido a atual situação relacionada a pandemia do Covid-19, houve um atraso no início dos trabalhos.

– É uma das prioridades da nossa gestão no setor de infraestrutura manter as vias urbanas e rurais no nosso município em melhor situação de trafegabilidade. Em algumas ruas detectamos a necessidade de um recapeamento e em outras receberão a operação tapa-buracos – explica o prefeito, que lembrou que no ano passado seis ruas do bairro Bondarovsky receberam novo asfalto e, posteriormente, ganhou nova pintura de sinalização viária.

Outra obra de melhoria viária lembrada pelo prefeito aconteceu em fevereiro com a operação tapa-buraco na rodovia RJ 159 no trecho que corta o município. A obra contou com a parceria com o Governo do Estado, através da Fundação DER (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: