PREFEITURA DE RESENDE REALIZA DOIS DIAS DE INSPEÇÃO DE VEÍCULOS ESCOLARES

Foram vistoriados 21 transportes escolares, que ganharam selo de garantia da inspeção semestral

A Prefeitura de Resende realizou dois dias da primeira inspeção semestral do transporte escolar do ano de 2019. A vistoria dos veículos escolares é promovida pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Sumtran), ligada à Secretaria de Governo. O serviço foi promovido nesta segunda e terça-feira, dias 5 e 6 de agosto, no Estádio do Trabalhador, no bairro Jardim Jalisco. 

Foram vistoriados 21 veículos, que ganharam o selo de garantia da inspeção semestral. O objetivo é verificar os equipamentos obrigatórios e de segurança dos veículos que oferecem o serviço de transporte escolar no município, visando garantir qualidade aos passageiros dentro das normas do Novo Código de Trânsito Brasileiro (NCTB) – Lei nº. 9.503/1997. A vistoria é prevista pela legislação federal e regulamentada por decreto municipal.

O superintendente de Transporte e Trânsito, Denilson de Paula Silva, destacou que compareceram 21 dos 22 veículos legalizados do município, lembrando que os itens avaliados são necessários para manter a segurança durante a condução.

— É de extrema importância que todos os veículos van, Kombi e similares, que são padronizados na cor branca e não possuem idade superior a 15 anos, sejam vistoriados, visando garantir segurança e qualidade aos seus usuários, sendo a maioria crianças. Os carros inspecionados possuem alvará de funcionamento e devem estar com os documentos em dia. São analisados os seguintes itens: conservação e condição de rodagem dos pneus; estado de conservação de lataria (pintura e lanternagem), de cano de descarga e do piso (sem ressaltos); funcionamento dos espelhos retrovisores dianteiro direito, esquerdo e interno; buzina; lanternas dianteira e traseira; das luzes de freio, ré, do salão e das setas à direita e à esquerda; partida; limpadores de para-brisa; faroletes; janelas; portas; cintos de segurança; luzes altas e baixas; tacógrafo; faixa horizontal dístico com “ESCOLAR”; e validade da carga do extintor de incêndios – reforçou.

Com a aprovação na vistoria, os motoristas ganham um selo adesivo para caracterizar que os veículos estão dentro das normas exigidas. Vale lembrar que a autorização para a condução coletiva de escolares deve estar afixada na parte interna do veículo, em local visível, com a inscrição de lotação permitida. O motorista deve apresentar os seguintes requisitos: ter idade superior a 21 anos; ser habilitado na carteira D e que exerça função remunerada; não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias durante os últimos 12 meses; e ser aprovado em curso especializado, nos termos da regulamentação do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

O condutor deve também apresentar previamente junto à Sumtran, a certidão negativa do registro de distribuição criminal relativamente aos crimes de homicídio, roubo, estupro e corrupção de menores, renovável a cada cinco anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: