RESENDE SEDIA FÓRUM INTERMUNICIPAL DE ACOLHIMENTO FAMILIAR

Iniciativa contará com a participação de 12 municípios da região do Médio Paraíba

A Prefeitura de Resende está dando mais um importante passo para garantir os direitos básicos de crianças e adolescentes. Na próxima quinta-feira, dia 3, a cidade vai sediar o I Fórum Intermunicipal Sobre Acolhimento Familiar. O evento, que será realizado das 8 às 17h, no Espaço Z, visa incentivar os gestores e profissionais de outros municípios a implantarem programas de acolhimento em suas cidades, como o Família Acolhedora desenvolvido em Resende. A iniciativa consiste em cadastrar famílias que estejam aptas a acolher crianças e adolescentes que tiveram seus direitos violados, oferecendo a eles a possibilidade de uma referência familiar em um ambiente sadio.

De acordo com a programação do fórum, o período da manhã será dedicado à realização de palestras, que serão ministradas por psicólogos da Prefeitura e do Tribunal de Justiça. Os temas abordados serão: O trabalho das equipes de acolhimento familiar direcionado à família de origem; A interseção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) com a equipe de acolhimento familiar; Explicação dos trâmites judiciais de uma criança que teve seus direitos ameaçados; e Funcionamento do programa em Resende, com ênfase nas mudanças metodológicas adotadas pela atual administração.

Já durante a tarde, o público presente terá a oportunidade de participar de atividades teóricas e práticas, voltadas para a capacitação dos participantes. Segundo os organizadores do evento, o I Fórum Intermunicipal Sobre Acolhimento Familiar deverá contar com a participação de representantes de 11 cidades da região do Médio Paraíba: Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda, além de Resende.

– Acolher uma criança ou adolescente que teve seus direitos violados é um gesto de amor e de solidariedade, e isto já é uma realidade em Resende, através do programa Família Acolhedora. Agora, através deste evento, queremos sensibilizar outros municípios da nossa região a também adotarem esta ideia e implantarem seus programas municipais de acolhimento. Este fórum será um espaço aberto à participação de todos que possam contribuir com este processo – disse o prefeito Diogo Balieiro Diniz.

O que é o Família Acolhedora

Através do programa, as famílias cadastradas acolhem voluntariamente em suas casas, por um período provisório, crianças e adolescentes com idade entre zero e 17 anos e 11 meses, possibilitando que eles tenham um crescimento sadio, acompanhado de afeto e respeito às suas necessidades individuais. O acolhimento, regulado pela Vara da Infância e Juventude que emite um Termo de Guarda Provisória para a Família Acolhedora, tem duração de um ano, podendo ser prorrogado por mais seis meses, caso haja necessidade. 

Quem quiser se tornar uma Família Acolhedora deve procurar a sede do programa na Rua Pandiá Calógeras, 157, no bairro Jardim Jalisco, e se cadastrar. O serviço, que também faz a seleção e preparação das famílias inscritas, funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 14h. Para se cadastrar é preciso ser morador de Resende há cinco anos e ter, no mínimo, 21 anos de idade. Podem se candidatar homens e mulheres, solteiros ou casados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: