RESENDE SERÁ O SEGUNDO MUNICÍPIO DO ESTADO A SER CONTEMPLADO COM PROJETO ‘OUVIDORIA NAS ESCOLAS’

Parceria entre Prefeitura de Resende e TRT/RJ vai aproximar alunos, comunidade e a gestão municipal 

Resende será contemplada com o projeto “Ouvidoria nas Escolas”, que une as frentes da Secretaria Municipal de Educação e da Ouvidoria Municipal, em parceria com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região. A Prefeitura de Resende será a segunda a promover o projeto no estado do Rio de Janeiro, com objetivo de criar um canal direto de ouvidoria nas escolas municipais, contando com a colaboração dos próprios alunos. 

De acordo com o Ouvidor Geral de Resende, Ronaldo Gomes, o projeto vai eleger e capacitar um ouvidor e dois suplentes em cada unidade, criando peças fundamentais para a aproximação das escolas, comunidade e a gestão. Estes jovens irão captar as demandas locais e direcionar para a Ouvidoria do Município, que vai encaminhar devidamente para as frentes responsáveis pelas respectivas demandas. 

Os alunos serão selecionados, ainda de acordo com o Ouvidor, através de eleições nas escolas, priorizando os de idade mais avançada. Para acompanhar o processo de formação destes jovens, estarão presentes um representante da ouvidoria geral e um representante da coordenação pedagógica. Outras parcerias com frentes da gestão municipal poderão ser firmadas no decorrer da realização do projeto. 

– É uma experiência que certamente vai despertar e reforçar valores importantes na vida desses jovens, como cidadania e a responsabilidade sobre o espaço escolar e a comunidade. Importante lembrar que Resende está sendo o segundo a implantar esse projeto em parceria com o Tribunal Regional do trabalho, que é uma frente bastante empenhada neste processo. Ainda esse ano as eleições deverão ser feitas nas escolas – conta Ronaldo. 

Realização do Projeto 

Na última segunda-feira, dia 7, alunos da rede municipal de educação juntos do próprio Ouvidor Geral, Ronaldo Gomes, o presidente do Conselho Fundacional Infância/Adolescência de Resende, Jonatas de Oliveira Biaquini, a coordenadora de Educação Integral, Deoclesina Maria M. de  Almeida, a coordenadora do PETI, Andreia Cristina Gonçalves, e o Professor Wesley, da Escola Municipal Augusto de Carvalho CIEP 489, estiveram presentes na sede regional do TRT para apresentar o projeto e indicar as diretrizes do mesmo.  

Também neste encontro, o ouvidor suplente do TRT/RJ e gestor do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, desembargador José Luís Campos Xavier, esclareceu o papel da Justiça do Trabalho e falou sobre várias formas de trabalho infantil. A juíza Adriana Leandro de Sousa Freitas, gestora do Programa de Combate ao Trabalho Infantil no TRT/RJ no âmbito do primeiro grau também esteve presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: