SEBRAE VAI BENEFICIAR RESENDE COM PROJETO DE TURISMO INOVADOR

Objetivo é aprimorar a divulgação dos destinos através da tecnologia

 

Utilizar a tecnologia para facilitar a interação e integração do visitante antes, durante e depois da viagem, incrementando a qualidade de sua experiência com o destino. Esse é o objetivo do Destinos Turísticos Inteligentes, idealizado pelo Sebrae e introduzido na região na última quinta-feira, em encontro realizado na pousada Vila Luna, em Penedo, com a participação de representantes do setor de Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas.

Com o projeto, o Sebrae pretende oferecer consultoria a diversas regiões turísticas do país e possibilitar que os pequenos negócios atendidos estejam imersos em soluções tecnológicas inovadoras e estruturas diferenciadas, passando a divulgar os destinos adequadamente  através de aplicativos, sites, redes sociais e QR Codes, podendo assim atrair um público maior aos seus empreendimentos.

Segundo a superintendente de Turismo de Resende, Mariana da Costa Duarte – que na ocasião representou o secretário de Indústria, Tecnologia e Turismo, Raphael Gattás -, esta primeira reunião serviu para que os municípios apresentassem ao Sebrae as suas fragilidades e deficiências no que tange à utilização dessas tecnologias. Com posse destes dados, a instituição irá elaborar um plano de ação específico e apresentá-lo no próximo dia 6 de julho.

– Atualmente turistas e viajantes estão conectados no mundo compartilhando informações, fotos e experiências. Precisamos intensificar a divulgação dos nossos equipamentos turísticos contando com as novas tecnologias disponíveis. O Sebrae vai nos mostrar como fazer isso, de acordo com a necessidade de cada local – explicou Mariana, acrescentando que a partir da implantação do projeto, as reuniões serão individualizadas.

Até o fim de 2018, o Sebrae vai investir R$ 55 milhões em aproximadamente 70 projetos de Turismo Inteligente em 19 estados brasileiros. No Rio de Janeiro, apenas as regiões serranas serão contempladas. Está prevista a assinatura de um termo de adesão, sem custo para os municípios participantes.

Para falar sobre as particularidades de Resende e Itatiaia e suas localidades, como Visconde de Mauá, Maringá e Penedo, estiveram presentes, além da superintendente de Turismo de Resende, o vereador Reginaldo Engenheiro Passos, a Associação Turística e Comercial da Região de Visconde de Mauá (Mauatur), a Associação Comercial de Visconde de Mauá (ACVM) e membros da sociedade civil organizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: